WebTV Webrádio

Sacramentais Exorcistas de São Bento

Sacramentais de São Bento


SACRAMENTAIS, A FORÇA DE DEUS EM SUAS MÃOS!


A Comunidade Boanerges também tem o apostolado dos sacramentais, ou seja, produz e resgata os sacramentais da Igreja, os quais são poderosos aliados em nossa proteção e santificação (CIC 1667).
São eles: Cruzes e crucifixos, terços, pias, água, sal, incenso e medalhas.
O QUE SÃO NA REALIDADE OS SACRAMENTAIS?
São sinais sagrados, pelos quais, à imitação dos sacramentos, são significados efeitos principalmente espirituais, que se obtêm pela oração da Igreja. Pelos sacramentais os homens se dispõem para receber o efeito principal dos sacramentos e são santificadas as diversas circunstâncias da sua vida (CIC 1677).


E QUAIS AS GRAÇAS QUE ALCANÇO AO USÁ-LOS?

A liturgia dos sacramentos e dos sacramentais permite que a graça divina, que promana do mistério pascal da paixão, morte e ressurreição de Cristo, do qual recebem a sua eficácia todos os sacramentos e sacramentais, santifique todos os acontecimentos da vida dos fiéis que os recebem com a devida disposição. De tal forma que todo uso honesto de coisas materiais possa ser dirigido à santificação do homem e ao louvor a Deus.
OS SACRAMENTAIS NOS LEVAM A MANTER UM CONTÍNUO RELACIONAMENTO COM DEUS
Não podemos comunicar-nos sem nossos sentidos, pois só através deles é que vem todo o nosso conhecimento. Os sacramentais (água benta, sal bento, terços, imagens, cruzes, medalhas e outros) levam-nos a manter um contínuo relacionamento com Deus. Em suas aparições em Medjügorje Nossa Senhora pediu que usássemos os sacramentais:

Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz em Medjugorje:
Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz em Medjugorje:
"Tragam objetos bentos com vocês. Coloquem-os em suas casas e restaurem o uso da água benta".
"Protejam-se acima de tudo através dos objetos sagrados".
1985 - "Queridos filhos, Eu hoje os convido a colocar mais objetos bentos em suas casas e que cada pessoa traga objetos bentos sobre si. Que todas essas coisas sejam abençoadas, vocês estarão revestidos de armadura contra satanás, e ele tentará menos vocês”.


Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz em Medjugorje:
"Tragam objetos bentos com vocês. Coloquem-os em suas casas e restaurem o uso da água benta".
"Protejam-se acima de tudo através dos objetos sagrados".
1985 - "Queridos filhos, Eu hoje os convido a colocar mais objetos bentos em suas casas e que cada pessoa traga objetos bentos sobre si. Que todas essas coisas sejam abençoadas, vocês estarão revestidos de armadura contra satanás, e ele tentará menos vocês”.


E PORQUE DEUS ESCOLHEU OS SACRAMENTAIS?

Por serem objetos pequenos. Através deles Deus esmaga o orgulho do maligno. Pois escolheu o que é fraco para confundir os orgulhosos. E, como São paulo disse que a sabedoria da Cruz é escândalo para os que crêem, igualmente dizemos que os sacramentais são a força de Deus para aqueles que decidem.


ALGUNS TRAÇOS CARACTERÍSTICOS DOS SACRAMENTAIS

• São instituídos pela Igreja em vista da santificação (CIC 1668);
• Compreendem sempre uma oração acompanhada de determinado sinal como a imposição com água benta (que lembra o batismo). (CIC 1668);
• Somente a Santa Sé Apostólica pode constituir novos sacramentais, interpretar autenticamente aqueles já reconhecidos, abolir ou modificar alguns deles (Cân 1167);
• Na realização ou administração dos sacramentais observam-se cuidadosamente os ritos e fórmulas aprovadas pela autoridade da Igreja (Cân 1167 § 2°).


FÉ OU SUPESTIÇÃO?

Segundo o dicionário da língua Portuguesa Larousse Cultural, superstição é crença no caráter religioso ou poder sobrenatural de prática, objeto, desvinculada de religião instituída. E existe quando tentamos obter um efeito sem causa proporcional. Por exemplo, pensar que uma ferradura atrás da porta atrairá sorte. O efeito, ou seja, a boa sorte não é proporcional à ferradura. Mas nos sacramentais (água benta, sal bento, terços, imagens, cruzes, medalhas e outros) existe essa proporcionalidade entre causa e feito “porque o poder dos sacramentais vem de Deus através das orações da Igreja e da fé daqueles que os recebem”. Portanto os sacramentais não são amuletos, mas pedidos para Deus agir.


OS SACRAMENTAIS E OS SACRAMENTOS

Nos sacramentos (Eucaristia, confissão e outros), Nosso senhor Jesus Cristo nos cura diretamente. Todos têm o fim de produzir a graça e só secundariamente benefícios temporais.
Os sacramentais, pelo contrário, se institui não para produzir a graça, mas sim, para dispor os homens a receber benefícios temporais e santificar diversas situações da vida. A definição de sacramental ainda inclui-se dois elementos principais: a noção genérica de sinal e a específica de sacralidade. A diferença entre sacramentais e sacramentos está em que estes agem ex opere operato (pela força da própria palavra imediatamente) enquanto os sacramentais obtêm sua eficácia ex opere operantis Eclesiae(por força operante da Igreja) – conforme n° 60 e 61 da Constituição Sacrosanctum-Concílium, do Concílio Vaticano conforme rodapé Código de Direito Canônico 1166. Edição Espanhola.


AS DIVERSAS FORMAS DE SACRAMENTAIS

Entre muitos sacramentais que a Igreja nos oferece apresentamos alguns que nos asseguram uma eficácia luta contra o mal e uma constante proteção divina.


ÁGUA E SAL: BENTOS OU EXORCIZADOS

Segundo Pe. Gabiele Amorth (exorcista da diocese de Roma e presidente emérito da Associação Internacional dos Exorcistas do Vaticano) em seu livro Um exorcista conta-nos, “a água benta ocupa um lugar fundamental em todos os ritos litúrgicos. A sua importância leva-nos de novo á aspersão batismal. Durante a oração de benção, pede-se ao Senhor para que a aspersão desta água nos traga os três benefícios seguintes: o perdão dos nossos pecados, a defesa contra as ciladas do Maligno e o dom da proteção divina.” E o padre continua:

“A oração de exorcismo da água proporciona outros tantos efeitos: afugentar todo o poder do demônio, desarreigá-los e expulsa-los; também na gíria popular quando se querem indicar duas coisas absolutamente opostas, diz-se que são como o diabo e a água benta. Em seguida a oração continua, sublinhando outros efeitos além de expulsar os demônios: curar doenças, aumentar a graça divina , proteger as casas e todos os locais onde os fiéis moram, de toda a influência imunda causada pelo pestilento satanás. E acrescenta: que as ciladas do demônio infernal sejam vencidas e que a serenidade e a saúde dos habitantes sejam protegidas de toda a avental presença nociva, susceptível de perigar a paz dos habitantes, a fim de gozarem de serenidade e saúde.”
E sobre o sal exorcizado acrescenta: “serve também para expulsar os demônios e para preservar a saúde da alma e do corpo. Mas uma das suas propriedades específicas consiste em proteger os lugares das influências ou presenças maléficas.”


INCENSO EXORCIZADO

“É um incenso transformado em sacramental, ou seja, abençoado com uma fórmula oficial da Igreja. È usado para se obter vários propósitos, sobretudo para caçar os demônios. Eu uso-o para abençoar as casas. Primeiro abençôo o incenso com a fórmula na qual se invoca o arcanjo Miguel.” Afirma Pe. Gabriele Amorth em entrevista dada à Ângela Musolesi no livro Experiências de um exorcista.


Voltar

Newsletter

Cadastre-se para receber as nossas informações por email.




Informativos
Clique aqui e baixe o informativo mensal da nossa Comunidade


Rua Coração de Jesus, 406 - Centro
Montes Claros - MG
(38) 3213-3506